Arquivo da tag: simetria

A Psicologia, a felicidade e a Arquitetura – parte 2

Continuando nossa série de artigos sobre a Psicologia da Felicidade aliada à Arquitetura e Design de Interiores, hoje traremos o tópico “A preferência pela simetria”.

A Preferência pela Simetria

Atualmente, na neurociência muito se fala em cérebro recompensado com padrões, o que provavelmente deu origem foi nosso profundo vínculo com a natureza.

Se formos olhar a obra da natureza através de um ponto de vista biológico, percebemos que tudo é proporcional, tudo é equilibrado, tudo tem sua razão de ser, tudo se encaixa perfeitamente, tudo tem uma função bem específica dentro do todo, dentro do cosmo.

E trazendo mais para dentro da mente do ser humano em relação à sua morada, a regularidade e a ordem parecem sinalizar boas condições para a vida, tanto no âmbito da atração por um parceiro sexual quanto pela escolha de um lugar adequado para se viver, a existência de formas ordenadas e padronizadas parecem sinalizar confiabilidade.

As estações do ano seguem planejadas, simétricas, cada qual com quatro meses, sequenciais umas das outras, trazendo os ciclos da vida, a semeadura, o manejo, a colheita e o recolhimento. O mesmo se dá com a Lua, nos lindo satélite, que com suas voltas em relação ao planeta Terra, resulta nas fases da Lua, que através do magnetismo, das polaridades entre os planetas pertencentes ao mesmo Sistema Solar, exercem diversas influências sobre nós, como já foi provado cientificamente há tempos.

Da mesma forma, nosso cérebro se vincula com a atração por coisas simétricas, equidistantes, pessoas com corpos proporcionais, etc. Nosso cérebro tende a interpretar um corpo simétrico e bem proporcionado com genes mais saudáveis. Não estamos afirmando aqui que o contrário disso seja significado de falta de saúde, doença ou desequilíbrio.

Assim, simetria, ordem, equilíbrio e proporção, do ponto de vista evolutivo, parecem estar associados a uma impressão de que no longo prazo, tudo possa ser confiável, produtivo e seguro.

Traçando um paralelo com o décor, não é a toa que ambientes com arrumação simétrica nos parecem mais aprazíveis. Disposição e cores de paredes, composição com tapetes, mobiliário, luminárias, janelas, cortinas, portas, quadros, objetos cuidadosamente colocados nas superfícies, todos elementos de decoração que segue um padrão, seja de cor, textura, forma, tamanho, etc., parece agradar aos nossos olhos.

Na foto do ambiente abaixo, podemos reconhecer a simetria na composição do ambiente: disposição do mobiliário em pares: poltronas off-white com duas almofadas brancas e cinzas. Na parede onde estão dispostas as poltronas, compondo no padrão de estampa, cor e textura, papel de parede cinza e quadro branco, com os mesmos tons das almofadas. Nas duas mesas, espelhadas, os padrões mencionados acima se repetem pela imagem refletida pelo espelho, além de duas estátuas, dois potes de cerâmica branco e azul…

arina araujo simetria na decoração traz bem estar aos olhos e sensação aprazívelProjeto Arina Araújo

Duas taças de prata (mesmo material de alguns dos objetos sobre a mesa, na foto anterior) contendo o mesmo tipo de vegetação…

arina araujo simetria na composição do décor traz a sensação de prazer aos olhos

 

arina arauto decoração simetria e bom gosto no décor
Simetria nos objetos de decoração

arquiteta arina araujo decoradora de interiores projetos com bom gosto e proporção, simetria e garantia na entrega da obra final
O conjunto da obra: simetria, proporção, padrões de cores, texturas e disposição no ambiente.

Arina Araújo com ambiente na Artefacto Brasília 2014

A Mostra Artefacto Brasília já é um dos principais eventos do décor brasileiro, não apenas por ter bom leque de profissionais, mas também por desafiar a criatividade deles. Neste ano não foi diferente, já que cada um teve de projetar seu ambiente inspirado em personalidades de destaque na cidade.

Arina Araújo criou um living urbano, em tons esmeralda e off white com contrapontos de café e detalhes constrastados de preto. Seu ambiente exala um frescor e uma leveza que refletem a delicadeza de sua percepção.

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

A curadoria do olhar que Arina possui vem das Artes, sua maior paixão depois da Arquitetura. Ela consegue personalização nos ambientes que levam sua assinatura com o uso de quadros, esculturas tradicionais e esculturas de parede selecionados a dedo, que são sua marca registrada nos projetos.

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

Objetos e adornos são presenças essenciais para um living bem elaborado. A arquiteta leva muito a sério este tópico, transpondo conceitos de proporção e equilíbrio, luz e sombra, volumes e vazios de forma quase mágica. Nos nichos de laca branca e iluminação indireta, na parede, temos o bom uso do conceito de simetria: duas estátuas trofeu do golfista, dois apoios de livro em metal de peças de jogo de xadrez, duas caixas de porcelana nas cores branco e azul e uma única peça que integra um relógio mundial em metal. Seguidos por três vasos de vidro na cor esmeralda sobre aparador espelhado, que reflete os objetos duplicando-os sobre a superfície. A escultura branca de Iemanjá traz brasilidade e humanismo para a atmosfera.

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

 

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

 

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

 

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

 

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

 

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

O uso de uma dupla de mesas de centro é tendência e Arina soube fazer bom uso de uma composição geométrica com formas circulares e retangulares. A mesa de centro Yego da Artefacto, redonda de tampo de vidro esverdeado e pés metálicos transcende sua cor sobre o tapete também cítrico, um vaso com arranjo de flores é suficiente para preenchê-la, dialogando com o braço e encosto de cantos arredondados das poltronas. A segunda mesa de vidro, mais baixa, composta por uma repetição de quadrados de vidro, juntos formam um retângulo transparente e leve no qual se apoia livros, castiçais de prata e uma escultura preta.

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

Persianas na cor café e mesa lateral redonda no mesmo tom estabelecem relação de contiguidade com a coloração das almofadas, fazendo link com a escultura de parede.

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

Arranjo floral arredondado sobre mesa circular de vidro verde, vasos e taças de cristal na cor esmeralda, a suntuosa poltrona Basile, da Atefacto, em tom esmeralda mais fechado com almofadas da mesma cor e tecido. Almofadas verdes sobre sofá de três lugares de pés pretos de madeira, grande cortina off white que desce do gesso com iluminação indireta sobre persiana café. Mesa lateral e almofadas em tom semelhante sobre poltronas brancas de pés, mais uma vez, pretos tais quais os paspatures dos quadros na parede. Objetos de décor em prata, vidro, cerâmica branca e gesso. Abajur com base translúcida e cúpula de tecido off white. Móveis, objetos e acabamentos perfeitamente orquestrados no projeto Arina Araújo para a Artefacto Brasília 2014.

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

 

arinaaraujo artefacto 2014 brasilia

Neste projeto, participam:  Finestri – Persianas e Papel de Parede; Móveis – Artefacto; Nardin Junior Home – Adornos; Maison Joi De Vivre – Cortina; Studio Light – Iluminações; Gallery – Tapete; Expoart – Quadros e esculturas; Portobello Shop – Piso e Revestimento.